nunhems-logo.png
22 de junho de 2021
Brasil
Notícias e Eventos

As primeiras sementes produzidas nas novas instalações de produção de última geração da BASF na Etiópia chegam ao mercado global.

As primeiras sementes produzidas nas novas instalações de produção de última geração da BASF na Etiópia chegam ao mercado global.

  • Clientes em todo o mundo podem se beneficiar da produção de sementes durante todo o ano
  • Investimento de cerca de € 8 milhões
  • Diversas iniciativas de responsabilidade social para beneficiar a comunidade local

Nunhem, Holanda - As primeiras sementes produzidas nas novas instalações de produção de última geração da BASF na Etiópia adentram o mercado global de sementes de vegetais. Localizada na região de Amhara, a instalação oferece condições ideais de produção durante todo o ano para pimentão, tomate e pepino. É o primeiro complexo de estufa de alta tecnologia da BASF na África.

“Investimos cerca de € 8 milhões nesta nova instalação. Isso nos proporcionará mais confiabilidade e flexibilidade de fornecimento para atender nossos clientes em todo o mundo”, disse Vicente Navarro, Vice-presidente sênior BASF’s vegetable seeds business e membro do Conselho da International Seed Federation (ISF). “A produção sustentável de alimentos é muito importante para nós e queremos fazer a nossa parte. É por isso que estamos muito orgulhosos desta nova instalação: ela nos torna pioneiros em termos de estabelecimento da primeira unidade de produção de sementes de alta tecnologia sustentável na Etiópia, com processos totalmente automatizados para controle do clima, incluindo umidade, aquecimento e irrigação”.

As instalações cobrem uma área de 15 hectares: dois deles são ocupados por estufas de última geração, enquanto o restante é utilizado para instalações de produção de sementes em campo aberto e infraestrutura. Atualmente, cerca de 70 funcionários permanentes estão trabalhando no novo local. Além disso, a BASF também fornece empregos a mais de 100 trabalhadores sazonais. A maioria dos funcionários foi recrutada nas áreas das redondezas e treinada internamente.

Altos padrões de sustentabilidade e compromisso com a responsabilidade social

O local atende aos padrões de saúde, segurança e meio ambiente da BASF e vai além dos requisitos de sustentabilidade comuns da Etiópia. Para reduzir sua pegada de carbono, são usadas principalmente fontes de energia renováveis​​ para gerar eletricidade. As estufas são aquecidas com painéis solares. Além disso, a instalação possui sua própria estação de tratamento de águas residuais e todos os resíduos produzidos podem ser reciclados no local.

A BASF também está engajada em inúmeras iniciativas de responsabilidade social no entorno do local. “Estou muito orgulhoso de ver que, além de entregar sementes aos pequenos agricultores etíopes, também estamos ativamente envolvidos em projetos de reflorestamento e controle da erosão do solo na área”, enfatizou Ben Depraetere, Diretor Executivo da Nunhems Ethiopia PLC e Chefe de Hortaliças da BASF’s vegetable seeds business na Etiópia. “Queremos que a comunidade local seja beneficiada. É por isso que, por exemplo, também fornecemos água potável para a comunidade que vive ao redor da instalação, investimos na construção de novas infraestruturas rodoviárias e estabelecemos um fundo para criar oportunidades de emprego para jovens desempregados da região”

Last Update 22 de junho de 2021